NOTÍCIA

Dia dos Pais com Cachaça Seleta

single image

 

A cachaça é um patrimônio histórico do nosso país. Ela foi descoberta por acaso, pois, os escravos perceberam que a espuma que sobrava da garapa e era jogada nas cocheiras, deixavam os animais revigorados. Assim, começaram a consumir essa espuma para se sentirem alegres. Quando esse fato chegou aos ouvidos dos senhores de escravos, que por sua vez já conheciam técnicas de destilação, eles decidiram aplicá-las ao mosto fermentado da cana-de-açúcar, dando origem a cachaça. Portanto,  antes de ser um produto econômico, a cachaça é uma das mais belas expressões da cultura brasileira.
Ao longo do tempo, a cachaça conquistou sua importância cultural e seu uso ganhou outras dimensões, tal como sua introdução na gastronomia contemporânea.

A cachaça tem o poder de unir, fazendo com que todos se juntem ao seu redor. Com isso há a troca de informações, a celebração de acontecimentos. Com a nossa querida pinga pode-se fazer oferendas, clamar, cantar, festejar e até mesmo chorar.

Inspirada nessa importante cultura para o povo brasileiro, a Cachaça Seleta nasceu há mais de 40 anos. Antonio Rodrigues, conhecido como o Rei da Cachaça, um senhor simpático de grande barba grisalha, que está sempre de chapéu, um ramo de arruda atrás da orelha esquerda e por vezes montado em uma mula marrom pelo centro da cidade da Salinas, é o grande autor dessa história. A Seleta produz, hoje, três das mais prestigiadas marcas de cachaça do Brasil: Seleta, Boazinha e Saliboa. A cidade de Salinas, no norte de Minas Gerais, é considerada a Capital Mundial da Cachaça.

Portanto, com a aproximação do Dia dos Pais, uma das datas mais comemoradas no país, que tal presentear essa figura tão importante com um presente que traz tradição, história e sabor único? As cachaças da Seleta são ideais para celebrar esse dia e agradam a todos os estilos de pais.
Veja nossas dicas:

Seleta – Como o próprio nome diz, é feita a partir de canas rigorosamente selecionadas. Envelhecida em tonéis de umburana, planta conhecida por suas características curativas
e digestivas, a Seleta tem uma grande suavidade e um sabor potente que a tornam perfeita como digestivo. Produzida na fazenda Engenho dos Rodrigues. Graduação alcoólica 42%.

Boazinha – Seu nome provém do hábito de seus consumidores de sempre pedirem “aquela boazinha”, no tempo em que ainda era vendida a granel. Os tonéis de envelhecimento de bálsamo conferem à Boazinha uma grande suavidade Graduação Alcoólica 42%.

Saliboa -Envelhecida em tonéis feitos de ipê-amarelo, árvore símbolo do Brasil, a Saliboa possui uma coloração amarelo-pálido.É a caçula e a mais perfumada das cachaças Seleta.

As garrafas estão disponíveis em vários estilos, transparentes ou em porcelana e seus preços variam de R$16 a R$40.

Você pode gostar